Reginaldo Veras vai à polícia contra fraude envolvendo o PDAF

Reginaldo Veras vai à polícia contra fraude envolvendo o PDAF

“Entreguei nomes, telefones e prints que comprovam a situação”, contou o distrital, informando ainda que a “Polícia Civil irá abrir uma linha de investigação”

O deputado Professor Reginaldo Veras (PDT) entregou ao Departamento de Combate à Corrupção e ao Crime Organizado da Polícia Civil “provas de que pessoas estão usando o meu nome para levar vantagem, por meio de fraude”, envolvendo recursos do Programa de Descentralização Administrativa e Financeira (PDAF). O relato foi feito, nesta terça-feira (15), no plenário da Câmara Legislativa, onde o parlamentar já havia se manifestado sobre a utilização indevida de seu nome em tentativa de pressionar diretores de escolas públicas a realizarem obras com empresa específica.

O PDAF transfere diretamente aos estabelecimentos escolares recursos destinados por meio de emendas parlamentares. Segundo Veras, passando-se por seus interlocutores, essas pessoas indicavam a possibilidade de encaminhar emendas para escolas localizadas em Brazlândia, desde que o compromisso fosse contratar, para a realização de serviços, a empresa que representavam. “Entreguei nomes, telefones e prints que comprovam a situação”, contou o distrital, informando ainda que a “Polícia Civil irá abrir uma linha de investigação”.

Na semana passada, mais dois deputados – Leandro Grass (PV) e João Cardoso (Avante) – anunciaram ter sido avisados de que a prática também procurava implicá-los. Com o mesmo fim, pessoas estariam visitando escolas localizadas em Santa Maria e Planaltina.

Marco Túlio Alencar – Agência CLDF

Da redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.