Combate à gordofobia é aprovado em comissão

Combate à gordofobia é aprovado em comissão

Segundo o Ministério da Saúde, uma em cada cinco pessoas está com sobrepeso ou obesidade no País

A Comissão de Educação, Saúde e Cultura (CESC) da Câmara Legislativa aprovou o Projeto de Lei 2.503/2022, do deputado José Gomes (PTB), que institui o Dia Distrital de Conscientização e Combate à Gordofobia em 1º de setembro, data que passará a integrar o Calendário Oficial de Eventos do Distrito Federal.

O texto considera como “gordofobia” o preconceito, a repulsa ou discriminação social, política e econômica praticados contra a pessoa gorda. A matéria prevê ações ligadas à educação, proteção e defesa dos direitos humanos e à saúde, além de seminários e debates para orientar, qualificar e fomentar a conscientização e combate à gordofobia.

Segundo o Ministério da Saúde, uma em cada cinco pessoas está com sobrepeso ou obesidade no País. “Apesar dos números e o assunto estar cada vez mais em pauta nos debates, o mundo ainda é magrocentrado. Falta uma conscientização sobre a diversidade dos corpos e direitos da pessoa gorda, que enfrenta grave estigma social”, afirma José Gomes.

Ele alerta que os efeitos desse estigma entre as crianças são muito mais preocupantes, uma vez que crianças e adolescentes com sobrepeso ou obesidade vítimas de bullying são significativamente mais propensos a sofrer com ansiedade, baixa autoestima, estresse, isolamento, compulsão alimentar e depressão.

“É necessário uma conscientização da população quanto aos efeitos lesivos provocados pela gordofobia, forma de preconceito que deve ser combatida e condenada por todos”, defendeu Gomes. 

Do mesmo modo, a relatora na CESC, deputada Arlete Sampaio (PT), reforçou a importância do respeito às pessoas gordas. A proposta irá para análise da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e, em seguida, para apreciação do plenário.

Depressão Infanto-Juvenil

A CESC também aprovou o Projeto de Lei 2.490/2022, do deputado Robério Negreiros (PSD), que institui o Programa Distrital de Conscientização da Depressão Infanto-Juvenil a fim de promover iniciativas capazes de informar a população sobre a existência da doença entre crianças e adolescentes, alertando sobre os riscos da ausência de tratamento adequado.

Participaram da reunião de hoje, transmitida ao vivo pela TV Câmara Distrital (canal 9.3) e Youtube, os deputados os deputados Arlete Sampaio (PT), Tabanez (MDB), Delmasso (Republicanos) e Leandro Grass (Rede).

Franci Moraes – Agência CLDF

Da redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.