segunda-feira, maio 20, 2024

Cinema, samba e artesanato marcam o fim de semana no DF


Este fim de semana promete ser agitado para o brasiliense. Há opções para todos os gostos: os religiosos podem aproveitar a 142ª Festa do Divino Espírito Santo de Planaltina, os cinéfilos podem curtir a programação gratuita do Cine Brasília e quem deseja dançar até o sol raiar não pode perder o Canteiro do Samba de Roda. Já para aqueles que desejam mergulhar na cultura nacional, o primeiro encontro Mestres do Brasil e o 17º Salão do Artesanato são os rolês perfeitos.

O o 7naRoda recebe os grupos Pé no Chão, Samba na Comunidade, Samba no Cacho e Samba da Tia Zélia | Foto: Divulgação

Os eventos são organizados com apoio das secretarias de Turismo (Setur) e de Cultura e Economia Criativa (Secec), ou ocorrem em espaços públicos de gestão do Governo do Distrito Federal (GDF), e têm entrada gratuita. Confira, abaixo.

Brasília como cenário cinematográfico

A programação do Cine Brasília é um dos destaques deste fim de semana. Reaberto em 22 de abril após obras de manutenção, o equipamento público recebe a mostra Cinema Brasiliense, que traz filmes produzidos por cineastas da capital federal até o dia 19. As produções foram escolhidas a partir da curadoria do cineasta Pedro Lacerda e são exibidas ao público gratuitamente, sempre às 20h.

As celebrações da 142º Festa do Divino Espírito Santo de Planaltina começam nesta sexta-feira (10) e seguem até o dia 18; a população pode participar da Santa Missa na Igreja Matriz de São Sebastião, às 19h | Foto: Divulgação

Serão transmitidos longas e curtas dirigidos por moradores do Distrito Federal, como  A Repartição do Tempo, de Santiago Dellape; Noctiluzes, de Jimi Figueiredo e Sérgio Sartório; Hollywood no Cerrado, de Armando Bulcão e Tania Montoro, e Meu amigo Nietzsche, de Fáuston da Silva, entre outros. No último dia, o público poderá assistir à reprise remasterizada do show do Alok no aniversário de Brasília.

Festividade religiosa

Começam nesta sexta-feira (10) as celebrações da 142º Festa do Divino Espírito Santo de Planaltina. Até o dia 18, a população pode participar da Santa Missa na Igreja Matriz de São Sebastião, às 19h. As novenas serão realizadas em seguida, na casa de fiéis da igreja. Os endereços são divulgados no Instagram do evento.

“Os primeiros seis dias serão na casa de fiéis, no sétimo iremos para o Conselho Pastoral Paroquial, e nos dois últimos dias faremos a novena na igreja mesmo, com barraquinhas de comidas e shows de artistas locais”, explica o folião de rua Sandro Trindade. O Domingo de Pentecostes será celebrado no dia 19.

Uma mostra no Cine Brasília traz filmes produzidos por cineastas da capital federal até o dia 19 | Foto: Lúcio Bernardo Jr/Agência Brasília

Samba no pé

A partir das 20h de sábado (11), o tradicional Canteiro do Samba De Roda animará a Galeria dos Estados, no Setor Comercial Sul. Serão duas rodas de samba, com cinco atrações, sem intervalo entre as apresentações: quando um grupo terminar, o outro entrará logo em seguida para não deixar o samba morrer. Nesta edição, o 7naRoda recebe os grupos Pé no Chão, Samba na Comunidade, Samba no Cacho e Samba da Tia Zélia. Para entrar na festa gratuita, basta retirar os ingressos na plataforma Sympla.

Made in Brasil

Até domingo (12), a população pode mergulhar na diversidade cultural brasileira durante o 17º Salão do Artesanato, na varanda do shopping Pátio Brasil. Estão expostas cerca de 800 peças, feitas em cerâmica, madeira, fios, capim, palha, metal, rendas, bordados e outras técnicas. As obras representam o trabalho de mais de 500 artistas – cerca de 100 são do Distrito Federal, e as demais de outras vêm de artista de 23 estados.

O evento é aberto ao público e tem entrada gratuita. Além da compra de peças exclusivas produzidas artesanalmente pelos artistas, os visitantes também poderão aproveitar oficinas gratuitas de práticas como tapeçaria, bordado e cerâmica, mediante inscrição no dia. Como esta edição coincide com a semana do Dia das Mães, o tema escolhido foi “Artesanato: a Mãe de Todas as Artes”.

Trocas culturais

Riqueza e diversidade são palavras-chave do Mestres do Brasil – I Encontro de Mestras e Mestres das Culturas Populares. Com entrada franca, a primeira edição do evento ocorre no Eixo Cultural Ibero-americano (antiga Funarte) até domingo. A abertura foi na quinta-feira (9), no Espaço Cultural Renato Russo.

Haverá rodas de prosa, oficinas de brincadeiras populares e apresentações musicais, com o objetivo de fomentar a troca de saberes entre 15 mestres e mestras de diferentes estados. Como desdobramento, na roda de encerramento do dia 12, será elaborada e encaminhada uma Carta da Diversidade das Tradições para o Ministério da Cultura e para o Ministério da Educação.

Veja a programação

Sexta-feira
– 9h às 10h30: Conversas Encantadoras – Culturas populares, educação e política no Brasil: tecnologias sociais e ferramentas de atuação na conjuntura política atual
– 10h45 às 12h15: Roda de Prosas – Culturas populares e educação: programas e leis de reconhecimento de fazeres de mestras
– 14h às 15h: Oficina de brincadeiras populares
– 15h às 18h30: Roda de Prosas – Levantamento de ideias e propostas para políticas públicas nas áreas das culturas populares e educação
– 19h: Roda de Capoeira – Grupo Nzinga de Capoeira Angola (DF)
– 21h: Apresentação musical – Batucada Tamarindo (SP)

Sábado
– 9h às 10h30: Conversas Encantadoras – Ancestralidade em movimento
– 10h45 às 12h15: Roda de Prosas – Culturas populares e educação: experiências de educação tradicional nas comunidades e nas escolas
– 14h às 15h: Oficina de brincadeiras populares
– 15h às 18h30: Roda de Prosas – Levantamento de ideias e propostas para políticas públicas nas áreas das culturas populares e educação
– 21h: Apresentação musical – Sambadeiras de Roda (DF) convida Chica do Pandeiro (BA)

Domingo
– 9h às 12h15: Roda de Prosa final e de encaminhamento das propostas construídas – aprovação da Carta das Diversidades das Tradições.

10/05/2024 - Cinema, samba e artesanato marcam o fim de semana no DF





Source link