20.6 C
Distrito Federal

Árbitro da final da Copa de 1986, Romualdo Arppi Filho morre em Santos

Morreu neste domingo (5), aos 84 anos, o ex-árbitro Romualdo Arppi Filho, aos 84 anos, em Santos (SP), um dos mais importantes juízes de futebol da história do país. Ele estava internado no Hospital Ana Costa, no litoral paulista, para tratamento renal. Arppi Filho apitou a final da Copa do Mundo do México (1986), na qual a Argentina conquistou o bicampeonato ao vencer a Alemanha por 3 a 2.  

Romualdo Arppi Filho, árbitro, Copa do Mundo do México, 1986, final

Romualdo Arppi Filho apitou a final da Copa do Mundo do México (1986), na qual a Argentina conquistou o bicampeonato ao vencer a Alemanha por 3 a 2 – Arquivo Pessoal/CBF

Em nota de pesar, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) lamentou o falecimento de Arppi Filho, segundo árbitro brasileiro apitar uma decisão de Mundial, e se solidarizou com familiares e amigos do juiz. O primeiro juiz de futebol do país numa decisão de Mundial foi Arnaldo Cezar Coelho, na Copa da Alemanha (1982).  

Ao longo da carreira, segundo a CBF, Romualdo Arppi Filho atuou nas finais do Campeonato Brasileiro de 1984 e 1985, na decisão do título do Mundial Interclubes de 198,; e em partidas de três edições dos Jogos Olímpicos: Cidade do México (1968), Moscou (1980) e Los Angeles (1984).

Fonte: Agência Brasil

Agência Brasil
Agência Brasilhttps://agenciabrasil.ebc.com.br
A Agência Brasil é uma agência pública de notícias criada em 1990. Mantém o foco em temas de impacto no cenário nacional, em áreas como política, economia, cidadania, pesquisa, inovação e cultura.

+ Comentários

+ Últimas Notícias