quarta-feira, julho 17, 2024

PCDF deflagra Operação Profanus e apreende material pedopornográfico

Na manhã desta terça-feira (30), policiais civis da Delegacia Especial de Proteção a Criança e ao Adolescente (DPCA) deflagraram a Operação Profanus que visa combater o armazenamento e compartilhamento de material pedopornográfico no Distrito Federal.

Os policiais civis cumpriram mandado de busca e apreensão na residência de um professor, de 45 anos, morador de Taguatinga/DF, onde foram apreendidos computador, notebook e celular.

A investigação se iniciou pela Polícia Federal, em Santos, no ano de 2017, no contexto da segunda fase da Operação Ciranda de Pedra, que apurou práticas reiteradas de abuso sexual de crianças e adolescentes, bem como de troca e armazenamento de imagens pedopornográficas, tudo através da rede mundial de computadores.

Em outubro de 2023, foi encaminhado material para investigação à DPCA/PCDF em virtude da competência dos crimes apurados. Essa operação é um esforço contínuo da DPCA/PCDF, conjuntamente com a Polícia Federal, no combate ao armazenamento e compartilhamento de material pedopornográfico.

A Polícia Federal auxiliou a investigação por meio da Coordenação de Repressão a Crimes Cibernéticos relacionados ao abuso sexual infantojuvenil. O material eletrônico apreendido será submetido a exame pericial pelo Instituto de Criminalística da PCDF. Caso seja encontrado conteúdo pornográfico envolvendo crianças e adolescentes, o investigado por ser condenado a pena de até quatro anos de reclusão. Também será apurado se ele praticou algum tipo de abuso sexual e se, além de armazenar, houve a produção deste tipo de material.

Assessoria de Comunicação – Ascom/DGPC
PCDF, excelência na investigação!





Source link