segunda-feira, maio 20, 2024

PCDF desvenda fraude em Brazlândia: terceiro assalto simulado para receber seguro de carro

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), por meio da 18ª Delegacia de Polícia (DP), deflagrou na manhã de hoje uma nova operação contra fraudes no recebimento de indenizações de seguro de veículos. Na ação, três mandados de busca foram cumpridos em Brazlândia, Samambaia e Taguatinga Norte.

As investigações revelaram que um homem simulou um assalto em Brazlândia no dia 5 de fevereiro deste ano, com o objetivo de receber a indenização do seguro de seu veículo Ford/Ranger. Ele narrou à polícia que foi abordado por dois homens armados na rodovia DF-180, que o obrigaram a parar e levaram o carro.

As circunstâncias do suposto assalto despertaram a atenção dos investigadores da 18ª DP, que iniciaram as apurações. As investigações descobriram que o veículo estava segurado e foi indenizado em R$ 98 mil, além de comprovar que o carro não circulava pelas vias do Distrito Federal desde novembro de 2023, quando foi rebocado para uma oficina em Samambaia.

Com base nas provas colhidas, o Juiz da Vara Criminal e do Tribunal do Júri de Brazlândia expediu três mandados de busca e apreensão, que foram cumpridos nas residências do investigado em Samambaia e em uma oficina mecânica em Taguatinga Norte.

Segundo o delegado-chefe da 18ª DP, Luís Fernando Cocito, este é o terceiro caso de assalto simulado para fins de recebimento de seguro descoberto nas rodovias que circundam a cidade de Brazlândia. “Em setembro de 2023, a 18ª DP já havia desarticulado uma associação criminosa que atuava na região das Sete Curvas, na BR-080, simulando assaltos para receber indenizações”, acrescenta o delegado.

Ações criminosas já investigadas pela PCDF:

  • Primeira simulação: Em 23 de março de 2023, um homem simulou o roubo de um veículo GM/S10 na BR-080. A investigação da PCDF comprovou que o carro estava com o motor fundido e não trafegou pelas vias do DF no dia do suposto crime.
  • Segunda simulação: Em 16 de junho de 2023, outro homem simulou o roubo de um BMW/X6, avaliado em R$ 500 mil, na região das Sete Curvas. A PCDF desmascarou a fraude após apurar que os fatos narrados pela suposta vítima não condiziam com a realidade.

 PCDF: compromisso com o combate às fraudes e à criminalidade

A PCDF reitera seu compromisso com o combate às fraudes e à criminalidade para garantir a segurança da população e o respeito à lei. A equipe da 18ª DP investe em ações de inteligência e investigação para identificar e responsabilizar criminosos, desmantelar esquemas fraudulentos e proteger os direitos dos cidadãos.

Assessoria de Comunicação – Ascom/DGPC

PCDF, excelência na investigação





Source link