quarta-feira, julho 17, 2024

Pronto-socorro pediátrico do HRT começa atendimentos após reforma


30/04/2024 às 20:24, atualizado em 30/04/2024 às 20:38

Espaço pode receber mais de 100 crianças por dia. Serviços foram agilizados para garantir melhores condições de atendimento no período de pico das doenças respiratórias infantis

Por Agência Brasília* | Edição: Saulo Moreno

A população do Distrito Federal ganha um reforço para o atendimento de crianças no Hospital Regional de Taguatinga (HRT). O pronto-socorro pediátrico foi nesta terça-feira (30), após sua reforma. Com 16 leitos, o local deve receber uma média de 50 crianças por dia, com picos de mais de cem, sobretudo nos períodos de expansão das doenças respiratórias sazonais.

Pronto-socorro pediátrico dispõe de três consultórios e 16 leitos para atendimento, sendo dois na sala vermelha e um de isolamento | Foto: Divulgação/Agência Saúde-DF

“Essa reforma traz uma melhora de ambiente tanto para o paciente quanto para os servidores que prestam o serviço. O espaço ficou muito bem organizado, com todos os critérios necessários para servir da melhor forma possível”, afirmou o secretário-adjunto de Assistência à Saúde da SES-DF, Luciano Agrizzi. O espaço também conta com um leito para isolamento e uma sala vermelha para os casos mais graves.

Os serviços incluíram pintura, troca de piso, adequações de banheiros e de móveis e melhoria na climatização. Além disso, as redes elétrica, hidráulica e de gases (oxigênio, vácuo e ar-comprimido) foram substituídas. “Temos agora uma emergência pediátrica com uma estrutura física que pode comportar melhor essas crianças. Vamos proporcionar um atendimento com mais qualidade e humanização, além de melhorias técnicas necessárias”, acrescenta o diretor do HRT, José Henriques Barbosa de Alencar.

Para realizar a entrega do pronto-socorro revitalizado, durante o período de aumento do número de casos de doenças respiratórias entre as crianças, a gestão do HRT agilizou os trabalhos, que ocorreram inclusive nos fins de semana e durante a noite. Ao todo, a revitalização durou 82 dias. O atendimento pediátrico não foi prejudicado, pois foi transferido temporariamente para outra ala do hospital.

A revitalização do pronto-socorro pediátrico faz parte de uma série de serviços realizados no hospital por meio do contrato de manutenção assinado em 2022. Oncologia, oftalmologia, endocrinologia, Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e patologia clínica são alguns dos setores que já receberam melhorias. No pronto-socorro adulto, se destaca também a instalação de biombos, uma medida necessária para dar mais privacidade aos pacientes. Os próximos passos envolvem melhorias na cardiologia, cozinha e refeitórios.

*Com informações da SES-DF



Source link